menu close menu

Blog

+Saúde | A pele do Bebê

 

Olá mamães!! Hoje iremos falar sobre os cuidados com a pele do bebê e com o banho, já que a pele do bebê é bem diferente da pele dos adultos! Ela é mais fina, tem menos pêlos, as glândulas que produzem suor ainda são imaturas e as células que produzem coloração da pele estão em menor atividade.

 

Procure SEMPRE produtos ESPECÍFICOS

 

 

Por ser muito fina, a pele do bebê e da criança absorve com mais facilidade muitas substâncias sejam tóxicas ou não. Por ser ainda imatura, a pele da criança e especialmente a do bebê é muito sensível à luz do sol, precisando ser protegida sempre, inclusive quando exposta diretamente a sol, salvo nos casos recomendados pelo pediatra para o Banho de Sol.

 

 

É preciso tomar muito cuidado com o que passar na pele dos pequenos, tanto para essa proteção como para tudo que tiver contato com a pele do bebê, como perfumes, repelentes e até mesmo tecidos sintéticos. Produtos aparentemente inofensivos podem irritar e desenvolver bolhas ou feridas, principalmente ao serem expostas ao calor, causando doenças inflamatórias, póstulas e outros probleminhas na pele.

 

 

Por este mesmo motivo, devemos usar além de sabonetes, produtos específicos e desenvolvidos para a pele do bebê. É importante observar isso nos rótulos pois até fragrâncias e outras substâncias comuns em produtos podem ser nocivas à pele do bebê!

 

 

Cuidados no Banho

 

 

A pele dos adultos produz um óleo natural que tem a função de lubrificar e agir contra bactérias. Já a pele do bebê não produz esse óleo de maneira suficiente, então banhos em excesso principalmente com sabonetes fortes é prejudicial e pode ocasionar irritação e diminuir a proteção contra bactérias.

 

 

Confira algumas DICAS na hora do BANHO:

 

 

–> O banho deve ser rápido para que o bebê não sinta muito frio, pois a água esfria rapidamente;

 

–> Use sabonete de ph neutro, e higienize bem e preferencialmente o umbigo, pescoço, axilas e área das fraldas, regiões onde as bactérias se proliferam mais facilmente.

 

–> A temperatura da água na hora do banho deverá ser morna. E como já foi dito a pele do bebê é bem mais sensível do que a nossa pele. Verificar a temperatura da água passando a parte de cima do pulso ou do cotovelo que são áreas mais sensíveis.

 

–> Ficar atento as sujeirinhas é importante. Os bebês tendem a acumular sujeira em lugares específicos como nas dobrinhas atrás dos joelhos, coxas, axilas, pescoço e atrás das orelhas.

 

–> É importante também secar muito bem o corpinho, a toalha tem que ser absorvente e macia.

 

 

E as Brotoejas?

 

O bebê tem uma maior dificuldade em manter a temperatura do corpo, pois sua pele é fina e sensível e não lida muito bem com o frio e o calor. Isso se deve justamente porque a camada de gordura localizada sob a pele é bem pequena e acaba não fazendo bem a função de um bom isolamento térmico. Então, o ideal é em temperaturas mais amenas agasalhar bem os bebês e no calor deixar ele mais fresquinho, e ficar de olho para que brotoejas não apareçam!

 

Mas, o que são as brotoejas? Muito comum em bebês, o aparecimento de brotoejas (entupimento das glândulas sudoríparas) acontece principalmente no calor! Com o suor obstruído em função da brotoeja, cria-se uma inflamação causando irritação da pele… Existem várias causas e tratamentos para brotoejas e isso falaremos no próximo post!!

 

 

Beijos,

Deixe seu comentário