menu close menu

Blog

Viajando com Gêmeos | Férias em Gramado – Dicas de Viagem

 

Viajar é muito bom e viajar com nossos filhos é ainda melhor! Se são pequenos, com certeza que nos dá um trabalho danado, mas por outro lado é maravilhoso! Este é o primeiro post de uma série #ViajandocomGêmeos Especial Gramado, onde quero contar tudo para vocês sobre esse destino que amo muito! Passamos oito dias viajando pela Serra Gaúcha e ficamos hospedados em Gramado, Rio Grande do Sul.

 

Já fomos a Gramado algumas vezes, a última vez que havia viajado para lá estava grávida dos gêmeos, com 5 meses e desta vez eles já estão com três aninhos!

 

A ideia é sempre que aqui possamos trocar experiências, dicas de passeios, atrações, dicas de cuidados e locais legais de conhecer e, ainda, poder compartilhar o que foi bom, o que deu certo, o que vale à pena e o que não vale também!

 

Arrumando as Malas

 

 

Viajar com crianças é sempre um desafio, e como a nossa viagem foi no mês de junho, as previsões para o nosso destino, Gramado, era que estaria fazendo bastante frio… E então saber fazer uma mala compacta com roupas volumosas é um grande desafio!

 

* Separe as Roupas com Antecedência: A primeira dica na hora de fazer as malas é ir separando  com antecedência o que você pensa em levar. Dê uma olhada na previsão do tempo, e fique atenta na semana anterior onde as previsões são mais confiáveis! Feito isso, hora de separar as roupinhas! É nessa hora que você vai ver o que já tem e o que está faltando. Se o que tiver faltando foi algo essencial é importante pois dará tempo para você comprar!

 

* Aposte nas Segunda Pele: Para lugares frios, o principal mesmo são as segunda peles, aquelas blusinhas mais justinhas ao corpo e quentinhas. Comprei segundas peles para eles no site da Declathon, pois os preços são ótimos! Vale à pena pesquisar lá! As camisas e calças estavam na seção infantil de snow board, são mega confortáveis e aquecem direitinho! Dá uma olhadinha nesse link, clique AQUI

 

* Quantidades: A quantidade de roupinha segunda pele vai depender muito da idade das crianças, quanto menor a possibilidade de sujar é maior, principalmente se usar fraldas. Para os gêmeos eu levei apenas duas camisas e duas calças para cada e ia revezando. Como são pequenas, se sujar dá para passar uma água e secar no quarto, sem muitos problemas. Mas, como ficam por baixo e no frio eles não suam muito, as peças não sujaram muito e foi tranquilo!

 

* Casacos: Leve um casaco bem quente para aqueles dias mais frios e para usar por cima de tudo, e leve outros mais leves para o dia ou para que possam ser usados por baixo do casaco maior. Tudo vai depender das temperaturas e da quantidade de dias! Levei apenas um bem quente para cada e outros moletons e de lã, mais leves. 

 

* Preste atenção no tamanho das roupinhas! Calças e blusas não devem estar muito justas, pois se vai usar segunda pele é ideial que não estejam muito apertadas para não ficar desconfortáveis para eles.

 

* Aposte nos Acessórios! Se tiver luvinhas, gorros e cachecóis é hora de usar! Mas se não tiver, não se preocupe, em Gramado tem inúmeras lojinhas onde você pode comprar itens de frio e com preços muito bons! Se você não tiver, acho que vale mais à pena comprar lá, pois são bem mais em conta. O mesmo vale para casacos etc.

 

* Capinhas de Mala: Postei essa foto e muitas mamães perguntarem sobre elas. Então resolvi colocar aqui também! Essas são capinhas são de tecido, uma espécie de suplex eu acho. Comprei no Shopping Del Este na última viagem ao Paraguai, nessa viagem que fizemos à Foz do Iguaçu! Cada uma foi 11 dólares. Não lembro a marca, sei a loja porque veio uma sacola linda! No Brasil também vende! O preço mais barato que já vi foi na internet, R$ 49,90 sem o frete. Mas não sei exatamente o material. Nas lojas Le Postiche também tem.

📍Agora tem um site muito bom, o trippy, clique aqui, que tem capas muito lindas, vi a partir de R$ 99,00!! Mas o material é diferente e parece bem mais resistente, tem um tipo de fechamento exclusivo… Vale a pena olhar!! 😉

 

Detalhe: Eles gostaram tanto das malinhas com as capinhas “personalizadas” que queriam empurrar, levar elas para cima e para baixo e cuidavam dela! E isso é ótimo!

 

Documentos

 

Malas prontas, hora de checar os documentos! Aqui levamos apenas as identitidades, nossas e dos meninos. Fizemos as deles quando eles tinham mais ou menos uns dois anos e é muito mais prático do que andar com a certidão de nascimento!

IMPORTANTE: Lembre de colocar na bolsa as Carteirinhas do Plano de Saúde!

 

 

Aeroporto

 

A nossa viagem começou em Salvador. Pegamos um voo para Porto Alegre, com conexão em São Paulo. Saímos de casa as 05 da manhã, nosso voo era as 07h. Chegamos em São Paulo às 10h e o voo para Porto Alegre só as 15h. De porto Alegre ainda teremos mais uma hora de carro até chegar em Gramado! Então, o que fazer nesse tempo todo?

 

Anote as #Dicas:

 

1. Leve brinquedos para distrair os pequenos! Vale objetos pequenos que eles realmente gostem de brincar ou uma novidade (sempre levei e dá super certo). Levei lápis e livrinhos para colorir também porque eles adoram e os mantém mais contidos e concentrados!

 

 

 

2. Tablet é uma boa opção para fugir do tédio quando mais nada distrai. Se é assinante Netflix você pode baixar desenhos, filmes e séries no próprio aparelho e assitir off-line! Baixei vários: Casa do Mickey Mouse, Beat Bugs, Peppa, Thomas e Seus Amigos, Blazze e claro, Patrulha Canina, e Três Palavrihas também! Todos esses estão disponíveis e a lista só aumenta!

 

 

3. Vale levar balinhas, lanchinhos e biscoitinhos, suquinhos e água!! Se tiver a opção com menos ou sem açucar, ótimo pois deixa eles menos agitados. Eu levei banana em passas, balas de gelatina e leitinhos prontos! Eu libero mais essas coisinhas, pois afinal estamos viajando! E sem contar que tudo isso é bem caro nos aeroportos… Então vale separar um espaço na mochilinha deles para essas guloseimas!

 

 

IMPORTANTE: Novas Regras para Bagagens (Aéreas)

 

Nós viajamos pela LATAM, mas com as regras antigas, pois as passagens foram tiradas antes da vigência da regulamentação das novas regras autorizadas pela Agência Nacional de Aviação Civil.

 

Desde partir de 29 de abril deste ano, quando passou a vigir essas mudanças, as companhias aéreas estavam autorizadas a cobrar pela bagagem despachada e não serão mais obrigadas a oferecer a franquia de uma bagagem de 23 kg para voos nacionais e de dois volumes com até 32 kg para voos internacionais.

 

Dessa forma, as companhias poderão cobrar pelo serviço, com uma taxa extra, como se fosse a taxa de embarque. A questão é que cada empresa terá autonomia para definir como será feita a cobrança e se ela será realmente feita. Então, antes de embarcar importante olhar as regras da sua companhia!!

 

 

Alugando Veículo

 

De Porto Alegre para Gramado são de 100 a 120km, depende da rodovia que escolher. Existem duas opções, via BR-116 e a via RS-020 e RS-115. Do aeroporto até lá você tem a opção de pegar um ônibus (já fomos assim uma vez, mas sem as crianças) ou alugar um carro. Dessa vez optamos por alugar um carro, porque além de  mais rápido, facilita muito a gente andar na cidade e nos dá uma maior liberdade para conhecer cidades vizinhas, coisa que gostamos muito de fazer e vocês vão ver por aqui!

 

 

IMPORTANTE: Ao viajar com crianças veja o valor do aluguel de cadeirinhas e/ou assento para veículos! A depender do valor e da quantidade de dias é mais vantajoso levar os assentos. Esse foi o nosso caso, preferimos levar os assentos pois, além de duas crianças, iríamos passar 8 dias e impactaria muito no valor final da locação!

 

Mas se a ideia é ficar em Gramado, a Brocker Turismo oferece tanto translado para Gramado, como também um BusTour que circula diariamente na região de Gramado e Canela, passando pelos principais pontos turísticos e comprando o passaporte você desce e sobe quantas vezes quiser naquele dia. Depois falo melhor sobre este BusTour que inclusive usamos um dia!

 

 

 

Hospedagem

 

Ficamos hospedados em Gramado e escolhemos uma pousada super bem localizada, no Centro, próxima à Rua Coberta, porque isso facilita bastante quando a gente quer dar aquela voltinha na cidade e passear na Avenida Borges de Medeiros sem precisar pegar carro e se preocupar com estacionamento. Sim, pelo que vi todo o Centro de Gramado é “Zona Azul” e dái você precisa pagar uma cartela para poder estacionar… Nada caro demais, mas se dá pra ficar próximo ao centro essa é minha sugestão!

 

 

 

Chegamos em Gramado por volta das 20h… depois de um dia inteirinho viajando… Cansados saímos apenas para comer alguma e coisa e fomos descansar para estarmos inteiros para curtir o outro dia, que você vê no próximo post!

 

Acompanhe esta série e outros posts clicando AQUI!

 

Conheça nosso instagram de viagens @viajandocomgemeos!

 

Beijos, 

Nine 

 

Deixe seu comentário